segunda-feira, 29 de março de 2010

Ela foi andar de carro com ele...

O Noddy...sempre o Noddy. E as birras que ela faz quando não a deixo andar no carro??? É o que eu digo... eles aprendem todos uns com os outros. Sim, eu tinha uma filha que conseguia abrir a goela e dar mais nas vistas que todos os bebés juntos, mas agora desde que entrou para a creche, virou Bin Laden a miúda. Terrorista como tudo pah... Birras com direito a espernear de pernas e tudo. Ela já nem precisa ver o dito cujo quando entra nesta superfície comercial...já sabe que ele está lá e começa logo a chamar por ele.




Fala pelos cotovelos a minha patanisca. Percebo practicamente tudo o que ela quer. Fala muito da sua "Héia" (educadora Hélia) e da sua "Madia" (auxiliar Maria). Só chora quando a deixo. O resto do dia fica bem, inclusivé já teve direito a sentar-se na "cadeirinha do pensamento" (20 meses e já de castigo Oh Deus). Um dia destes fui dar com ela sentada na casa de banho a bater num amiguinho com a maior das vontades...e o pobre coitado devia estar a gostar. Quanto mais me bates...
Está esperta como o raio... um dia destes brindou o seu papá com uma proeza... uma torre com 13 cubos!! 13!
Adora, adora, adoraaaaaaaaaaaa "picocas" (pipocas).
Continua com tosse. Hoje foi vista pela pediatra do colégio que confirmou aquilo que eu já sabia... que ela precisava de algo mais que aerosol com soro, como foi receitado pelos ultimos dois medicos que a viram. Novo antibiótico, desta feita por 10 dias. Será que ao fim de 5 semanas terei a minha menina de novo bem?
Eu continuo cansadinha, mas a ADORAR trabalhar onde estou. Para completar este sentimento de felicidade só mesmo o retorno do maridinho, mas para isso ainda tenho de esperar mais um bocadinho, mas já faltou mais ãh amorzinho! Tá quase!
video


Posted by Picasa

sábado, 20 de março de 2010

telegrama... ou talvez não!

Curto ou comprido... não me apetece alongar-me, mas por todas as mamãs que manifestaram curiosidade em saber o que se passa para não ter voltado a escrever, aqui vai.

- Começei a trabalhar, na creche.
- A Leonor entrou no colégio. (que não o meu)
- Ficou doente 3 dias antes de eu começar a trabalhar.
- Febre, tosse (muita tosse), expectoração (muita), conjutivite...
- Melhorou na 1ª semana
- 2ª semana de trabalho (2ª e 3ª dose de febre)
- Fez 20 meses.
- Perca acentuada de peso (percentil 5 - nem 10 quilos tem)
- Leonor começou a frequentar o colégio onde a mamã trabalha (Boa noticia finalmente)
- fim da 3ª semana de trabalho - ontem - (4ª dose de febre)
...
parece-me que numa semana começou a ganhar algumas gramitas... parece-me.

Vamos a contas... em três semanas = 4 vezes com febre, incluindo febrão de 40 graus.

E nos entretantos foi fazendo mais isto...
- Análises à urina, às fezes, e ao sangue
- hematomas nos braços por causa da BESTA da enfermeira



Bons motivos para não vir cá não são?